O povo sabe vencer


Acabou o primeiro turno da eleição. Com isso, parte do trabalho já pode ser comemorado, sem medo das restrições eleitorais. Em Santana, uma batalha. A P2 realizou a campanha do prefeito da cidade, Antonio Nogueira. E a batalha foi vitoriosa, com Nogueira sendo reeleito com 47% dos votos.

Não foi nada fácil. O candidato teve que enfrentar calúnias, agressões golpes jurídicos, toda a mídia e os grupos mais poderosos do Amapá. Um adversário era o ex-prefeito Geovani Borges, irmão do senador Gilvan Borges (PMDB), apoiado por Sarney, pelo presidente da Assembléia Legislativa, pela maioria dos deputados federais e estaduais e por um grande esquema de comunicações, que envolvia dois dos três jornais diários do estado, redes de TV e rádio.

O outro concorrente era Rosemiro Rocha, fundador da cidade, também ex-prefeito por duas ocasiões. Rosemiro foi apoiado pela primeira dama do Estado e pelo Governador, pelo senador Papaléo Paes, por vários deputados e lideranças. Um dos candidatos, o deputado federal Sebastião Bala Rocha renunciou à candidatura a prefeito para apoiar Rosemiro. Isso uma semana antes da eleição. Rosemiro ainda conseguiu, num golpe jurídico, cassar a candidatura de Nogueira a três dias da eleição!!!

Nada disso impediu a vitória. Nogueira fez uma campanha vibrante, contando com intensa mobilização popular e com o trabalho realizado na prefeitura. Os programas de TV deram a linha da campanha, a partir do mote Santana não pode parar. Uma campanha emocionante que mostrou que, mesmo contra tudo e contra todos, o povo sabe vencer.

5 comentários:

Alcinéa Cavalcante disse...

Parabéns ao Nogueira, a você pelo trabalho e ao povo santanense que mostrou que é mais forte e mais azeitado que a máquina do Estado e dos parlamentares.
Os Borges e Sarney não metem medo ao povo de Santana.

Cadinho RoCo disse...

Aqui em Belo Horizonte estamos na expectativa do segundo turno e sigo com propósito de proclamar com toda estridência a pertinência do voto nulo diante da realidade política deste nosso Brasil que compromete frontalmente o processo eleitoral aqui adotado, a começar pela obrigatoriedade do voto. Temos dois candidatos ao segundo turno, ambos simpatizantes do Governo Lula. A oposição brasileira sumiu.
Cadinho RoCo

Alcilene Cavalcante disse...

Parabens para P2 que soube com trabalho drblar as articulaçoes maléficas e mostrar que Nogueira era melhor para Santana.

PatriqueLima disse...

Grande Mauro!! parabens para nós de Santana pela resposta a altura do desafio que tinhamos em manter o projeto de mudança eleito em 2004.
Cara não sabia que tu tinhas um blog!! isso é novidade...
vou te favoritar no meu, e se puder da um passa por lá sempre!!!
o link é www.paposdejuventude.blogspot.com

passa por lá..

Zico disse...

Grande Mauro Panzera! em avisa que voltaste a atualizar o blog.